Qual é a Boa do Crowdfunding: Entrevista Filme Sobre o Silêncio

Esta semana, conversamos com a Annyela, criadora da campanha Sobre o Silêncio – Financie nosso Filme!. Ela nos contou como gerenciou a campanha de crowdfunding e algumas dicas divulgação que a fizeram arrecadar 227% da meta inicial.

Sobre o Silêncio é um curta-metragem de ficção, que será utilizado como projeto de conclusão de Cinema da Federal de Pernambuco, por Alan Tonello, Annyela Rocha, Germana Glasner e Rayssa Costa.

Se você já começou a sua campanha ou está pensando em criá-la, confira várias dicas para você também ter sucesso!

​​

Quero criar um crowdfunding

Candice: Por que crowdfunding?

Annyela: Eu, Alan Tonello, Germana Glasner e Rayssa Costa estávamos desenvolvendo este projeto de curta-metragem, Sobre o Silêncio, há mais de dois anos, para o Trabalho de Conclusão de Curso em Cinema e Audiovisual na UFPE. Tentamos um edital público, mas não fomos selecionados. Por conta da questão acadêmica, não tínhamos a opção de esperar. Era algo que queríamos fazer, e que iríamos fazer, e para isso resolvemos procurar nosso próprio caminho. O crowdfunding foi a forma encontrada, e a plataforma do Kickante foi a que pareceu mais agradável para nós. A taxa baixa, e a opção de campanha flexível foram fortes atrativos. Desde que iniciamos a campanha, também tivemos certeza de que foi a escolha mais acolhedora possível, e sentimos que o time Kickante incentivou e valorizou nosso projeto, o que nos ajudou a buscar cada vez com mais afinco divulgar o nosso projeto.

Candice: Qual o resultado da sua campanha?

Annyela: O resultado foi o mais positivo possível. Em 16 de dezembro, finalizamos as filmagens. Nós conseguimos cumprir todas as nossas propostas de orçamento com o dinheiro que levantamos no financiamento coletivo. A equipe tinha uma energia muito positiva, e todos já estavam um pouco envolvidos antes mesmo de começar, pois tinham visto todo nosso material de divulgação do crowdfunding. Alguns integrantes da equipe, inclusive, nos procuraram oferecendo ajuda, após verem o material. O valor arrecadado nos permitiu trabalhar a todo vapor, foi ótimo.

Equipe Filme Sobre o Silêncio

Candice: Esperava que tantas pessoas se identificassem com o seu projeto? 

Annyela: Nós contávamos com isso, mas a cada contribuição feita, a cada comentário deixado na página do projeto, fazíamos nossa pequena comemoração. Foi muito bom ter tantos conhecidos e desconhecidos acreditando em nós. Isso aumentou o nosso senso de responsabilidade para com o material que queríamos produzir, e também nos incentivou a fazer com que este trabalho valesse cada vez mais a pena.

​​

Quero criar um crowdfunding

Candice: Que benefícios esta arrecadação gerará para você ou para as pessoas ao seu redor?

Annyela: Nosso projeto foi um filme, então o principal benefício será como levar esta mensagem do filme às pessoas. Em Sobre o Silêncio, nós tratamos da comunicação em relacionamentos pessoais, amorosos, familiares. É um filme sensível, que toca em aspectos universais do ser humano. As atrizes principais, por exemplo, tinham algo a se identificar com as personagens. E transmitiram isto para a imagem. E esta imagem poderá também sensibilizar outras pessoas.

Mas de uma maneira mais prática, pudemos criar um ambiente de respeito no set de filmagens. O cinema pernambucano possui uma prática de trabalho muito conhecida como “brodagem”, na qual os profissionais se ajudam por conta da amizade, do projeto, mas não por conta do dinheiro. Nós contamos com a brodagem, pois não pudemos pagar cachês adequados à nossa equipe, eles estavam conosco porque acreditaram em nós. No entanto, queríamos fazer o possível ao nosso alcance para fazer com esta equipe fosse bem recebida, e para isso tivemos dinheiro para oferecer uma boa alimentação para todos e cobrir qualquer gasto realizado por eles em prol do filme.

Candice: O que achou da experiência na Kickante?

Annyela: Kickante é uma plataforma fácil e acessível, que nos agradou em vários sentidos. Toda a equipe da Kickante sempre se mostrou atenciosa e solícita conosco. Tudo sempre correu bem, e os pequenos problemas no caminho foram resolvidos. Confesso que sentimos falta de ter uma opção de página de pagamento em inglês, pois contamos com contribuições internacionais, mas também conseguimos contornar isto. No geral, toda a atenção prestada pela plataforma nos fez sentir muito queridos e bem cuidados. Todas as dicas de como divulgar foram de extrema utilidade. Com certeza, ao fazer nosso projeto com a Kickante, nós fizemos a melhor escolha.

​​

Quero criar um crowdfunding

CandiceComo foi a experiência de crowdfunding para você?

Annyela: Nossa campanha teve cerca de 40 dias, e cada dia desta contagem regressiva foi emocionante. A primeira contribuição foi bastante comemorada, e a última também. Os dias mais significativos com certeza foram os primeiros 5 e os últimos 5 também. Há alguns anos, nós nunca imaginaríamos levantar dinheiro através deste caminho para um projeto. Fico muito contente por termos escolhido isto, pois isto prova que quando se quer fazer algo, é só tentar. Nós acreditamos no projeto, e nos arriscamos a tentar, e deu certo. Conseguimos mobilizar pessoas a nos ajudarem, de diversas maneiras, e deu certo. Várias pessoas contribuíram financeiramente como puderam, e deu certo. Nós nos arriscamos e deu certo. Isso nos deu um incentivo muito maior, pois sentimos o nosso trabalho respeitado, e uma grande confiança depositada em nosso profissionalismo. Foi maravilhoso.

Candice: Defina sua experiência conosco em 3 adjetivos;

Annyela: Eficiente, acolhedora e positiva.

Candice: O que gerou o sucesso da sua campanha?

Annyela: Acredito que o próprio projeto interessou a muitas pessoas. O nosso vídeo teve uma repercussão muito positiva, pois tanto exemplificava nossa qualidade de trabalho, quanto tinha o nosso rosto, nossa voz, nossa verdade. Penso que as pessoas acreditaram em nós, viram nosso esforço, e resolveram contribuir. Todos que puderam divulgaram bastante. As redes sociais foram um ponto forte. Nós fizemos questão de sempre manter a página do Facebook atualizada, e de sempre postar o link para o Kickante. Nosso empenho e nosso próprio projeto levaram as pessoas a colaborar.

Facebook Filme Sobre o Silêncio

Candice: O que fez para divulgar sua campanha?

Annyela: Mandamos e-mails para colegas de profissão mais próximos, conversamos com amigos, parentes, mostramos o vídeo o máximo que pudemos, e tivemos as redes sociais como nosso ponto principal. Divulgamos todo nosso passo a passo, todo nosso andamento, e fizemos questão de sempre agradecer a todos que foram nos ajudando no caminho. Mantivemos o pensamento positivo e acredito que tudo isso nos trouxe um resultado muito positivo, e fez com que tivéssemos muito mais consciência do tamanho do projeto na hora de gravar.

Candice: O que teria feito diferente?

Annyela: Eu teria pesquisado mais blogs e teria feito um trabalho de assessoria de imprensa mais focado. Nós chegamos a enviar alguns e-mails para blogs, sites e veículos de comunicação, mas talvez pela falta de experiência neste tipo de divulgação, acabamos não sendo divulgados por nenhum destes meios. Se pudesse fazer diferente, eu teria consultado algum assessor de imprensa, e também teria enviado a quantidade mínima de 500 e-mails sugerida pela Kickante. Acredito que se esta estratégia tivesse dado certo, talvez nosso valor arrecadado chegasse ao dobro.

Candice: Qual a maior lição que ficou com sua campanha?

Annyela: A de que, realmente, juntos somos uma multidão. Sempre que parei para pensar na força desta coletividade, me arrepiei. É como se várias pessoas, uma a uma, tivessem construído um mosaico de esperança para mim, cada parte deste mosaico estava trazendo um sonho meu mais perto de ser real. Como já disse, Sobre o Silêncio é um projeto de conclusão de curso meu, de Alan Tonello, Germana Glasner e Rayssa Costa, mas no meu caso, na posição de roteirista e diretora, acredito que há um misto diferente de emoções. Estes personagens, este enredo, surgiu de mim. Do meu coração para a minha mente, das minhas emoções traduzidas em trabalho. E é incrível poder transformar isto em realidade. Poder ver meus personagens em tela. Isso só foi possível com a união de pessoas. Em primeiro nível, a união dos colegas Alan, Germana e Rayssa ao meu lado, que se envolveram tanto quanto eu, e passaram a ter o mesmo sonho. Depois, com a união de todos que contribuíram com o projeto, e por último, todos que trabalharam conosco por acreditar em nós. Foi realmente algo transformador.

Candice: Algo mais que deseje falar/salientar

Annyela: A prática do financiamento coletivo faz o sonho ser possível. Realiza vontades. É inovadora. É benéfica tanto para quanto quem recebe, quanto para quem contribui. Valoriza o trabalho e abre os olhos para a quantidade de pessoas que podem acreditar no seu potencial profissional. Este crowdfunding me incentivou a ir mais além e, ao mesmo tempo, a ser cada vez mais humilde, cada vez mais consciente de que sem a ajuda, o companheirismo, a dedicação de outras pessoas, eu não seria nada. Me levou a agradecer cada vez mais por cada contribuição prestada, seja financeira ou não. Nós recebemos muitas energias positivas ao longo da campanha, e nosso trabalho foi visto por muitas e muitas pessoas. Isto é algo muito, muito enriquecedor. Agradecemos muito a todos que contribuíram e também a atenção da Kickante para conosco. Como dizemos aqui em Recife: “foi massa!”. Juntos somos uma multidão!

Gostou de mais esta história de sucesso?

Então, acessa o nosso site e crie a sua campanha de crowdfunding. Ela poderá aparecer aqui no nosso Blog também! 😀

​​

Quero criar um crowdfunding