Como escrever um livro, criar uma campanha de pré-venda e arrecadar dinheiro para publicá-lo!

Como escrever um livro, como é o processo criativo, como saber que minha obra terá leitores quando lançada? Veja como escrever um livro e públicá-lo de forma independente!

Pois é, muitas pessoas já pensaram (ou ainda pensam) em escrever um livro. Além de CEO, eu lanço todos os meus projetos criativos pela Kickante. Eu financiei a pré-venda do meu livro pela Kickante e ele se tornou um bestseller no Brasil.

Na Kickante, lançamos centenas de livros todos os meses (sim, você pode ser um deles). Não importa quem você é, ou de onde você é, na Kickante acontece. 

crowdfunding ou vaquinha online para livros

Quero criar um crowdfunding

Passo a passo para escrever um livro:

1. Defina o Objetivo do Livro

Por que você quer publicar um livro? Já tem um público-alvo? Já sabe quantos livros pretende vender?

A definição destes itens é fundamental para o direcionamento de seu projeto. Por exemplo, muitas obras surgem diante da necessidade de livros sobre um determinado tema.

Um fotógrafo pode desejar lançar um livro e eternizar a sua obra. Por outro lado, se você é professor, a vontade de escrever pode surgir diante da sua paixão pela matéria. Pense no porquê de escrever tal livro. Esse passo inicial te guiará pelo resto do projeto.

Se possível, pesquise livros semelhantes à sua ideia e analise como aboradaram o tema.

2. Pense na ideia central, os personagens e como será o enredo

Muitos escritores podem ter em mente que esta é uma etapa fácil e que já possuem tudo na cabeça. Mas, o exercício de colocar no papel fará com que você pense minuciosamente em todos os detalhes de sua obra.

Nesta etapa, é bom ficar em contato com amigos e pedir o feedback deles para a sua história. Faça um brainstorming, anote opiniões e tudo o que poderá enriquecer a sua obra.

Imagine como será cada personagem, nomes, comportamento, a história sobre cada um, ligação entre os personagens e como se desenvolverão no enredo.

3. Escreva um rascunho de seu livro

Não pense em ficar perfeito, pense apenas em colocar no papel as suas ideias!

Agora que já fez a análise inicial, pensou no roteiro e realizou o brainstorming com seus amigos, é hora de colocar a mão na massa e escrever seu livro!

Escrever um livro não exige apenas tempo, mas também disciplina e dedicação. Você deve se dedicar a escrever todos os dias.

livro do kickante "Idade Média: O que não nos ensinaram"
livro do kickante “Idade Média: O que não nos ensinaram”

E, nesta fase do rascunho, aproveite o ritmo e a excitação inicial para escrever o máximo de texto que puder. Escreva sem medo de errar, sem insegurança. Lembre-se que tudo será revisado depois 😉

Pense em como escrever um livro que prenda a atenção do leitor durante toda a leitura.

Agora é hora de colocar todas as ideias no papel e ver a sua obra tomando forma.

4. Edição e revisão do livro

Após semanas, meses e até anos escrevendo a sua história é hora de revisá-la e deixá-la perfeita aos seus olhos. Não tenha receio de fazer mudanças, aproveite que seu livro ainda não foi publicado e faça todas as mudanças que julgar necessárias.

Você pode contratar um profissional para revisá-lo, mas recomendo que você o faça, antes de solicitar à terceiros.

Analise se a história tem corência, se o enredo flui, se há erros gramaticais e se todo o conteúdo é fundamental ou há algo que possa ser removido.

Quero criar um crowdfunding

Terminou de escrever o livro? Registre sua Obra

Assim que terminar de escrever seu livro, acesse o site da Fundação da Biblioteca Nacional e registre sua obra. Os Direitos Autoriais protegem as obras intelectuais reguladas pela Lei nº. 9610/98, cuja política está a cargo do Ministério da Cultura e seu registro realizado conforme a natureza da obra.

Faça a pré-venda de seu livro e publique de forma independente

Para a literatura, a possibilidade de arrecadar fundos on-line através do crowdfunding vem mudando a forma com que os escritores se relacionam com as editoras. Antes, eles precisavam recorrer às editoras e, somente por intermédio delas, o seu livro poderia ser lançado. Porém, com o crescimento do crowdfunding no Brasil e no mundo, o processo mudou e os escritores agora possuem total controle sobre seus livros – decidem como será o conteúdo, formas de divulgação e retorno financeiro. Tudo isso graças ao apoio dos fãs!

 

Imagem do kickante Livro “Ele Nem Sabe Que Você Existe”

Dentre os diferentes objetivos daqueles que nos procuram para lançar campanhas de crowdfunding para literatura, alguns costumam ser mais frequentes:

  • Recursos para a produção de livros;
  • Recursos para a produção de histórias em quadrinhos;
  • Apoio financeiro para o lançamento e a divulgação da obra;
  • Recursos financeiros para custear a pesquisa e criação literária.

Quero criar um crowdfunding

Exemplos de Campanhas de Crowdfunding para Livros

Se você ainda tem dúvidas sobre a sua campanha, vamos te ajudar ainda mais. Você pode conferir a seguir alguns exemplos de campanhas de crowdfunding para livros e nossas observações sobre coisas legais em cada uma delas. Inspire-se e crie estratégias similares para também bater sua meta, garantindo a realização do seu projeto literário!

Piracicaba nos Tempos da Ditadura

  • Timing da campanha: a campanha foi lançada em março de 2014 e objetivo era aproveitar burburinho do dia 31 de março, quando já havia um debate mais amplo sobre os 50 anos do golpe militar no país;
  • Equipe da Campanha: Sim, campanhas de crowdfunding precisam de uma equipe! E a equipe desta campanha era formada pelos 7 autores do livro. Nela existiam jornalistas, advogados, um sociólogo com experiência em liderança de movimentos sociais, um padre e um ex-vice-reitor. As tarefas foram claramente mapeadas dentro do que cada um poderia desempenhar de melhor (redes sociais, contato com os contribuídores via Mini Blog da campanha, envio de emails personalizados, divulgação em sites pré-selecionados..). Além disso, havia reuniões semanais para analisar o desempenho e providências a serem tomadas.
  • Agradecimento: diariamente, a equipe estabeleceu uma sistemática de agradecimento pessoal a quem contribuíra, quando identificadas relações de origem, ou seja, se a motivação inicial para participação na campanha pudesse ter sido um e-mail ou solicitação de um dos sete.

As Aventuras dos Quimionautas no PlanetaTerra

  • Vídeo: vídeos são uma forma muito bacana de se comunicar com o público que está visitando sua página de crowdfunding. No vídeo da campanha, a Gizella Werneck, autora de Quimionautas, explica o que a motivou a escrever o livro e pede a contribuição de todos para tornar o seu sonho realidade. Lembre-se que crowdfunding é algo pessoal e quanto mais honesto for o seu contato, melhor serão os resultados. E não precisa ser uma super produção, pode ser um filme caseiro, gravado com o celular mesmo. O que importa é você se mostrar para seus possíveis contribuidores. E, aliás, esta campanha deu tão certo que a Gizella acabou sendo entrevistada, ao vivo, no programa Encontro com a Fátima Bernardes!
Imagem do kickante As Aventuras dos Quimionautas no Planeta Terra

Tire os olhos da bola

  • Incentivo à contribuição: o criador da campanha, Rodrigo Simonsen, criou 6 recompensas – uma para cada valor arrecadado. Em todas, o contribuidor receberia o livro “Tire os Olhos da Bola”. Mas, fez mais. Em um determinado momento da campanha, colocou uma mensagem informando que se chegasse à meta de R$ 30.000,00, todos receberiam um exemplo do livro Perdidos e Violentos, escrito por Andy Nowick!

Quero criar um crowdfunding

Faça como centenas de escritores. Crie a sua campanha de pré-venda e arrecade dinheiro para lançar seu livro com a ajuda dos fãs! É rápido e sem burocracia. Acesse https://www.kickante.com.br/crie